20111019

O agora passou.
Outrora atemporal:
Infinitésimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário